Trabalho a quente

Trabalho a quenteA OSHA define o trabalho a quente como qualquer trabalho que envolva queima, solda, uso de ferramentas produtoras de fogo ou faíscas, ou que produza uma fonte de ignição. Os trabalhadores estão potencialmente em risco não apenas no setor de petróleo e gás, em que produtos inflamáveis são manuseados regularmente, mas também em muitos outros setores industriais em que se faz trabalho a quente. Embora o trabalho a quente apresente vários riscos, o potencial de causar um incêndio pode ser o mais significativo. Uma avaliação de risco pré-trabalho deve ser sempre realizada e deve incluir testes para qualquer material inflamável ou combustível em potencial. Na maioria dos casos, uma autorização de trabalho que fixe todos os requisitos de teste e segurança é obrigatória. Uma vez iniciado o trabalho, tanto a área de trabalho imediata como as áreas adjacentes devem ser continuamente monitoradas durante todo o trabalho para o caso de mudança de condições, como mudanças da concentração de gases, mudança da direção do vento ou mudança da temperatura ambiente.  

Talk to an Expert

Entre as considerações sobre equipamentos de monitoramento de gás estão:

Avaliação de risco
Antes do início do trabalho a quente, determine o nível de gás inflamável e tóxico presente na atmosfera. Para trabalho a quente em espaços confinados, pode ser preciso um detector de gás com uma bomba para extrair amostras de ar durante o teste inicial do espaço. Nessa situação, pode-se usar um Ventis Pro, Ventis MX4ou um MX6 iBrid com bomba e tubo de amostragem. Seguindo a regra 2x2, esses instrumentos aspirados podem ser usados para descobrir o tipo e a concentração de perigos de gás no espaço. A configuração do sensor depende dos tipos de risco que podem ser encontrados. 

Monitoramento multigases
O trabalho a quente pode criar gases inflamáveis e tóxicos e pode alterar o nível de oxigênio de uma área. Entre as opções de monitoramento multigases estão monitores pessoais e de área que podem ser usados para monitoramento contínuo das áreas imediatas e adjacentes. Usar um Ventis Pro ou Ventis MX4 com uma configuração padrão de quatro gases (O2, CO, H2S e LEL de combustíveis) é ideal para proteção pessoal enquanto o trabalho a quente é realizado. Em alguns casos, um iBrid MX6 seria mais adequado para o trabalho a quente, devido à sua seleção e configuração de sensores mais amplas. Para monitorar uma área onde é executado trabalho a quente, o Radius BZ1 serve como mais uma camada de detecção.

Monitoramento sem fio
Posicionar um monitor de área Radius BZ1 contra o vento em relação ao local de trabalho quente dará aviso antecipado de condições perigosas aos que estão fazendo o trabalho. Com o LENS Wireless, o Radius BZ1 pode alertar os trabalhadores sobre riscos de gás se estiverem usando monitores de gás Ventis Pro. Usando o Radius BZ1 e o Ventis Pro juntos, os trabalhadores podem criar uma rede de malha na qual a área e os monitores pessoais podem se comunicar entre si e avisar outros trabalhadores sobre condições perigosas.

Segurança intrínseca
Qualquer equipamento elétrico/eletrônico usado na área de trabalho a quente precisa ser intrinsecamente seguro para evitar o risco de incêndio em uma atmosfera potencialmente perigosa. Detectores de gás intrinsecamente seguros precisam ser usados antes do trabalho a executar para fins de permissão e durante o trabalho para evitar ignição. Por esse motivo, todos os detectores de gás da Industrial Scientific são intrinsecamente seguros.

Manutenção e conformidade adequadas
A Docking Station DSX oferece calibração automatizada, testes de resposta, manutenção de registros e diagnóstico de instrumentos.  

Duração da bateria
A duração prolongada da bateria ajuda no aumento da produtividade e na confiabilidade do equipamento. Os instrumentos Ventis Pro oferecem 3 opções diferentes de bateria para atender às suas necessidades de tempo de operação. O Radius BZ1 pode funcionar continuamente por 7 dias sem fonte de alimentação e pode funcionar indefinidamente com uma fonte de alimentação de tempo de operação prolongado.

Operação fácil
O equipamento de fácil utilização simplifica a operação para trabalhadores e empreiteiros e melhora o tempo de reação em situações de emergência.

Talk to an Expert